modelo dos vestidos

Conheça a história dos modelos dos vestidos

Quer saber tudo sobre a origem dos modelos dos vestidos com a Sweetie e sua relação com as princesas? Então, mergulhe na história da moda com a gente.

Os vestidos fazem parte da história de toda a garota. Quem de nós nunca sonhou em ficar linda com um belo vestido, exatamente como as princesas da Disney? Desde pequenas, aprendemos a vestir nossas bonecas e sempre brincamos em um mundo de fantasia e encanto, com vestidos deslumbrantes. Mesmo depois de crescidas, sonhamos com o momento em que vamos usar o vestido de noiva perfeito.

Sem falar que cada ocasião especial, como festas e formaturas, sempre pede um belo vestido. E, depois de mães, levamos essa paixão adiante e temos um prazer especial em vestir nossas filhas com vestidos lindos.

Mas, você já parou para se perguntar qual é a história dos modelos dos vestidos? Nós da equipe da Sweetie preparamos esse conteúdo especialmente para você. Descubra agora a história mágica por trás dos vestidos que compõem o universo de toda a mulher – e como as princesas foram importantes para a moda ao longo dos anos.

Épocas para cada modelo dos vestidos

51 – AC

No antigo Egito, as mulheres usavam tecidos transparentes ou de linho. Até onde sabemos, a rainha Cleópatra foi a primeira que nos fez sonhar com os vestidos de princesa. Ela abusava de tecidos adornados com ouro ou pedras semipreciosas… um luxo!

1530

Ana Bolena, Rainha Consorte do Reino da Inglaterra, usava belos vestidos no estilo Tudor – o que incluía mangas compridas drapeadas e tecidos pesados, como veludo. Por influência dela, o decote quadrado se tornou popular. As mulheres também adoravam as peças com camadas de colares e joias.

1650

Nesta fase, as silhuetas de cintura alta do início da década foram substituídas por designs baixos que enfatizavam a cintura. Na Europa, isso era popular entre a nobreza.

1775

Pense em uma era em que a realeza europeia ostentou todo o seu glamour. Os vestidos eram grandes, os desenhos elaborados e o cabelo alto.

1810

Os vestidos Império foram projetados para diversas ocasiões. Para dar um ar sofisticado, as nobres apostavam em babados, que deixavam o vestido mais formal.

1820

As saias rodadas começaram a voltar no início de 1800 e as mangas compridas tiveram seu próprio momento.

1840

Babados, saias largas e detalhes extravagantes, como flores ou bordados, eram populares no século XIX. Se você já viu E o Vento Levou, sabe do que estamos falando.

1880

A moda real permaneceu formal na Europa, embora tenha inspirado as tendências da época. Vestidos de ombros largos eram comuns, com um corpete longo e largo atrás.

1890

Entrando na era vitoriana, os vestidos das mulheres eram quase uniformes. Preto ou branco eram as cores principais, e os estilos eram feitos com gola alta e mangas compridas.

1905

No final da era vitoriana, os vestidos tornaram-se mais divertidos com rendas, babados e detalhes de penas. Mas pescoços altos ainda eram essenciais.

1910

Na era eduardiana, as mulheres começaram a usar vestidos mais quadrados e soltos. A renda ainda era um tecido popular e a cintura ainda estava presa por uma faixa. Foi aqui que as bainhas começaram a subir além do tornozelo.

1915

O período deu boas-vindas a tecidos mais leves, como chiffon, e a silhueta ganhou evidência. Detalhes elaborados como faixas e faixas de veludo também estavam em voga.

1925

Havia um excesso extremo de riqueza durante os anos 20, e isso significava detalhes opulentos com franjas, painéis e bordados, típicos de um vestido glamoroso.

1945

Nos anos 40, vieram os tecidos com babados, bordados e acessórios que estavam sendo implementados nos designs.

1950

Na década de 50, a silhueta popular mudou: os vestidos longos estavam na moda, e tecidos como tule e chiffon eram feitos para saias mais cheias e cinturas acentuadas.

1955

The House of Christian Dior criou tendências ao longo dos anos 50, com vestidos longos até o chão, além de e vestidos de casacos elegantes e vestidos de noite.

1990

Tudo mudou no início dos anos 90, passando da moda exagerada para uma aparência elegante, minimalista e polida, com vestidos de alças finas, contas e xale.

E é claro que não para por aí! Hoje, você também faz parte dessa evolução! E aí, vamos continuar construindo essa história juntas?

Você gostou de descobrir um pouco mais sobre a história dos modelos dos vestidos? Então, compartilhe agora mesmo este conteúdo com as suas amigas.

Ah, siga a Sweetie nas redes sociais e continue conosco nos próximos conteúdos que a Sweetie está preparando com todo o amor para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© Sweetie 2021